Pesquisa avalia que radicais livres danificam o DNA do esperma

A ingestão de antioxidantes via suplemento pode aumentar fertilização masculina, apontou um estudo realizado pela Universidade de Auckland (Nova Zelândia).

A pesquisa revisou dados de trabalhos anteriores que envolviam mais de mil casais em clínicas de fertilidade (em que homens apresentavam baixa contagem de espermatozoides). No estudo, foram utilizados diversos tipos de antioxidantes, como zinco, magnésio, L-carnitina e vitamina E e verificou-se um aumento significativo na taxa de gravidez.

Os antioxidantes combatem os radicais livres, moléculas que danificam o DNA no esperma, diminuindo as chances de fertilidade masculina.

As informações são do site da “BBC News”, que revela um dado alarmante: na Inglaterra, um em cada 12 homens apresentam problemas com fertilidade.

Publicações Recentes